Princípios gerais para a criação de jogos de video game

Os jogos passaram a existir desde antigamente, através de jogos de tabuleiro ou carteado. Entretanto, com o passar dos anos e o avanço na tecnologia, a atividade de design de games tornou-se exponencial para juntar todos estes elementos de maneira tecnológica.   

Os jogos conhecidos como de azar ou apostas também ganharam suas versões como videogames, tendo seus elementos principais a interação do jogador com os periféricos, como por exemplo, o controle, o ecrã e toda sistemática.  Mas o que torna um jogo como tal são: os pontos conquistados, ciclos de continuidade, assim como a pressão temporal.

O jogo, como um todo, precisa ser envolto em duas premissas básicas que são: o combate e as alternativas.

A premissa do combate

O jogo em si, em sua raiz, tem o intuito principal de desafiar os jogadores. Por este fato que lidamos com o combate como um dos principais elementos constituídos nos jogos de video games. Mesmo os tipos de jogos mais simplórios ou então mesmo os individuais, no qual o usuario nao tem outro participante como competidor, precisam ser bem estruturados para salientar a competitividade.

Ou seja, para que um jogo possa satisfazer seu jogador, é necessário que hajam fases desafiadoras, algum propósito específico e alguma intenção e objetivos claros e definidos. Tal fato torna-se claro ao considerar as intempéries do jogo,  oponente derrotado Os obstáculos podem ser divididos em pequenos, caracterizados como pular um muro, por exemplo. Os desafios médios circundam ao decorrer do jogo, como por exemplo avançar a fase ou elevar o nível de dificuldade e por fim, o grande obstáculo, que tem como principal desafio completar o jogo.

O conceito de desafiar os jogadores caracterizam o jogo, caso contrário, deveria ser considerado apenas um tipo de passatempo, desenvolvido apenas para brincar. É de suma importância que os desenvolvedores criem jogos com combates e desafios não tão fáceis de serem conquistados. A taxa de acertos e posteriormente ganho, deve ser mensurada para que o jogo não se torne tão fácil de ser completo. Importante também diferenciar testes de jogos, pois testes necessitam apenas de conhecimentos prévios por parte do jogador. Os jogos são característicos por suas surpresas e dificuldades encontradas fase a fase.

 

A premissa da alternativa

Ter de escolher algo e o tornar determinada alternativa e característica principal do jogo e seu verdadeiro significado. Cada alternativa é crucial para que o jogador consiga seu objetivo final. Ao iniciar determinado jogo, o participante almeja a necessidade de optar por determinadas alternativas e isso, contudo, afete diretamente o final do jogo, assim como a possibilidade de ultrapassar as fases ou o nível de dificuldade.

As alternativas são escolhas que desenham a habilidade do jogador. Ao passo que as fases são ultrapassadas e os limites superados, as alternativas corretas tornam-se mais frequentes. Cabe considerar que o fato de optar por determinadas situações reflete no jogo, fatos reais da vida, isto é, ao fazer uma escolha errada, poderá acarretar em um desfecho não tão benéfico.